Born To Make You Happy.


“Muitos podem saber o meu nome, mas o meu coração. Só a você pertence.”
Não é que as palavras tenham uma continuidade em mim, entende? Elas só me definem. Mostram o que eu sou, como sou, e como serei, assim por diante. Sim, elas me dão equilíbrio, para meu viver. Me acalmam e ao mesmo tempo me perturbam. Tudo com elas está em perfeito equilíbrio, e em desordem. Eu vivo além do que eu vejo, imagino mundos que não existem, pessoas, lugares com apenas simples palavras ditas, ou lidas em um livro. Palavras movem vidas, histórias, meu mundo.